Skip to content

O Círculo

Empowering Communities

Uma estudante britânica da Universidade de Derby, Sarah Pickin, descobriu durante escavações num sítio arqueológico do período Neolítico, na Finlândia, uma bola de resina de vidoeiro que, segundo parece, seria uma espécie de pastilha elástica.

A pré-histórica pastilha foi descoberta na floresta de Kierikkikangas (Noroeste), a cerca de 600 quilómetros de Helsínquia, e terá entre 5500 e seis mil anos.

Trevor Brown, professor de Sarah, reparou que “a goma tem impressa uma marca de dentes bem definida”.

Dado que esta resina tem fenol, uma substância química com propriedades anti-sépticas, Brown concluiu que já no Neolítico se sabia que mascá-la podia tratar certas infecções.

Um dos responsáveis do campo arqueológico, Sami Vijanmaa, acredita “que a goma de mascar era muito utilizada e talvez servisse para reparar pontas de flecha danificadas”.

A estudante britânica encontrou também um anel em âmbar e um gancho para o cabelo, peças que serão expostas, juntamente com a pastilha de mascar, no Centro de Kierikki.

Todos os anos, entre Maio e Outubro, organizam-se campanhas arqueológicas numa área de bosque denominada Kierikkikangas, com vista a trazer à luz do dia diversos objectos do Neolítico.

Sarah Pickin, que faz parte de um grupo de cinco voluntários da Universidade de Derby, declarou-se “encantada” com a descoberta, que será tida em conta na nota final da sua licenciatura.

Fonte: Público

Advertisements

%d bloggers like this: