Skip to content

O Círculo

Empowering Communities

Dados do Fundo da População das Nações Unidas revelam que Portugal terá mais 100 mil habitantes em 2050, contrariando a tendência europeia, que perderá 74,4 milhões de pessoas.

O documento «Situação da População Mundial 2007» adianta que Portugal passará a ter uma população de 10,7 milhões, enquanto que a Europa vai registar uma queda significativa do número de habitantes, que passará dos actuais 727,7 milhões para 653,3 milhões de pessoas, em 2050.

Segundo refere a agência Lusa, a taxa média de crescimento demográfico para Portugal situa-se nos 0,4%, no período entre 2005 e 2010, o terceiro valor mais elevado, depois da Noruega e da Albânia, que deverão crescer 0,5%.

O mesmo documento diz também que a percentagem de população urbana em Portugal, em 2007, situa-se nos 59%, quando a média da Europa ultrapassa os 72%.

Na área da Saúde, o país apresenta a segunda taxa mais elevada de prevalência de vírus da sida no homens entre os 15 e os 49 anos, com 1,2%, valor igual ao da Letónia e inferior ao da Estónia, com 2%. Em relação às mulheres, o relatório indica uma taxa de prevalência de 0,1%, o mesmo que em mais dez países e superior apenas à República Checa e à Hungria, com valores inferiores a 0,1%.

Os gastos públicos em Saúde rondam os 6,7% do Produto Interno Bruto (PIB), valor semelhante ao da Eslovénia e da Croácia e inferior ao de países como a Suécia, a Alemanha e a Noruega, que ultrapassam os 8% do PIB, noticia o Diário Digital.

Advertisements

%d bloggers like this: