Skip to content

O Círculo

Empowering Communities

A Agência Espacial Europeia (ESA, sigla em inglês) assinou hoje com o seu homólogo americano, a NASA, o acordo que oficializa os termos da sua cooperação no telescópio espacial James Webb (JWST), o sucessor do Hubble, o célebre instrumento que revolucionou a astronomia.

O documento foi assinado por Jean-Jacques Dordain, director-geral da ESA, e Michael Griffin, administrador da NASA, numa cerimónia no salão de aeronáutica e do espaço de Bourget, perto de Paris.

Como já acontecia com o Hubble, os europeus vão deter uma participação de cerca de 15 por cento no projecto, cifrado em 3,5 mil milhões de dólares (2,6 mil milhões de euros).

“A escala é comparável, mas a nossa participação é mais importante porque vamos construir dois dos instrumentos” do JWST, disse David Southwood, director de programas científicos na ESA.

Os europeus asseguram os custos do lançamento, previsto para 2013, que será realizado por um foguetão Ariane V ECA.

A participação da ESA no projecto vai permitir aos astrónomos beneficiar de um tempo de observação sobre este instrumento, proporcional ao esforço financeiro da ESA

Fonte: Público

Advertisements

%d bloggers like this: