Skip to content

O Círculo

Empowering Communities


Uma em cada quatro mortes em acidentes nas estradas portuguesas deve-se à condução sob o efeito do álcool, segundo dados divulgados hoje em Bruxelas, no âmbito do Dia Europeu da Segurança Rodoviária.

Com 27,8 por cento das mortes provocadas por excesso de álcool ao volante, Portugal situa-se no 20º lugar de uma tabela composta por 22 países, sendo apenas ultrapassado por Espanha e França, onde 28,8 e 29,5 por cento das mortes em acidentes rodoviários resultam da acção de condutores alcoolizados.

A tabela — que inclui dados de 20 Estados-membros da União Europeia mais a Suíça e a Noruega — é liderada pela República Checa, com 4,8 por cento, e pela Áustria, com 5,9 por cento.

Portugueses a meio da tabela no uso do cinto de segurança

Segundo os dados divulgados pela Comissão Europeia, 86 por cento dos condutores portugueses de veículos particulares ou mistos usam cinto de segurança, número que coloca o país no meio da tabela.

Os franceses são os que mais utilizam os cintos de segurança (97 por cento), seguidos dos alemães (96 por cento).

No outro extremo estão a Hungria (67 por cento) e a Bélgica (71 por cento).

No que respeita ao uso de cinto pelos passageiros dos bancos traseiros, Portugal está em 14º lugar num conjunto de 18 países, com uma taxa de utilização de 45 por cento.

A Alemanha lidera esta tabela, com 89 por cento, e Malta está em último lugar, com 28 por cento.

Número de mortos nas estradas desceu 42 por cento em cinco anos

Em relação à evolução do número de mortos nas estradas, em Portugal registou-se uma diminuição de 42 por cento entre 2001 e 2006 — de 1670 para 969.

O Luxemburgo foi o país que registou a maior redução (49 por cento) — de 70 em 2001 para 36 em 2006.

No mesmo período, a média de mortes nos 27 Estados-membros diminuiu 32 por cento, de 50.437 para 38.600.

A Comissão Europeia lançou em 2001 um Plano de Acção para a Segurança Rodoviária, que tem como objectivo reduzir o número de mortes anuais para 25 mil até 2010.

Advertisements

%d bloggers like this: