Skip to content

O Círculo

Empowering Communities


A Agência espacial norte-americana (NASA) divulgou hoje as primeiras imagens a três dimensões (3D) do Sol, transmitidas pelas duas sondas da missão Stereo que vão permitir compreender melhor e prever as erupções solares e prevenir o impacto na atmosfera terrestre.

As duas sondas, com 620 quilos de peso cada uma, foram lançadas a 25 de Outubro a partir da base militar de Cabo Canaveral na Florida e estão em órbita do Sol.

“O principal objectivo da Stereo é estudar as tempestades solares (…) que afectam todos os sistemas de comunicações dos aviões e engenhos espaciais, perturbam a distribuição eléctrica na Terra e representam um perigo para os astronautas no espaço”, lembrou Michael Kaiser, responsável científico pelo projecto da NASA.

“Os meteorologistas são capazes de prever, com precisão, os ciclones com uma semana de antecedência e nós vamos poder fazer o mesmo com as tempestades solares”, acrescentou.

Durante os dois anos da sua missão, as duas sondas gémeas vão poder explorar a origem, evolução e consequências inter-planetárias das injecções de plasma solar para o espaço, potentes explosões.

Estas gigantescas erupções projectam milhões de toneladas de plasma aquecido a um milhão de graus Celsius em direcção à Terra, o que perturba o campo electromagnético.

O custo total da missão Stereo, fruto de uma cooperação euro-americana, é de 550 milhões de dólares, precisou a NASA.

Advertisements

%d bloggers like this: