Skip to content

O Círculo

Empowering Communities


Entre sexta-feira e domingo decorre a segunda edição do Circuit, um evento dedicado à divulgação de moda, música e arte portuguesa e internacional, que este ano passa pelo Jardim Botânico Tropical de Belém e pela zona das Amoreiras, em Lisboa.

“Com o tema ‘secrets’, o Circuit vai envolver sensações e experiências inovadoras que despertam surpresa, mistério e segredo, em três dias em que as instalações de arte são contínuas, a música intervala os desfiles, e a gastronomia é uma experiência secreta”, lê-se num comunicado.

O Circuit é uma plataforma de lançamento de novas tendências em que estão incluídas a moda, a gastronomia, a música, as artes gráficas, a fotografia, o vídeo e a “street art” (arte de rua), que começou em Barcelona em 2000, e chegou a Lisboa no ano passado à zona do Mercado de Santa Clara.

A segunda edição do Circuit tem início na sexta-feira 13 de Abril num espaço secreto da zona das Amoreiras, com o desfile de Fernanda Pereira, que no ano passado apresentou a colecção na Piscina Municipal de Alfama com os manequins dentro de água.

Sábado e domingo continuam os desfiles, no Jardim Botânico Tropical de Belém, espaço com sete hectares, onde existem mais de 500 espécies originárias de regiões tropicais e sub-tropicais dos diversos continentes e onde está o Palácio dos Condes da Calheta (classificado como património nacional) e uma estufa em arquitectura de ferro do início do século XX.

Pedro Pinto, Nuno Tiago, Slobodan Mihajlovic, que vem da Bósnia-Herzegovina para apresentar em exclusivo a sua colecção em Lisboa, e o colectivo White Tent, constituído por designers de origem birmanesa, russa e portuguesa, completam a lista dos convidados ligados à área da moda.

Sábado estarão ainda expostas no Jardim Tropical instalações permanentes de Carla Belchior, Filipe Ramalho, Isaque Pinheiro, Leda Cruz, Natércia Caneira e Yellow (Patrícia Gonçalves) e domingo haverá performances de Advanced D_Luxe e de Valentim Quaresma, cuja faceta mais conhecida é o trabalho com a estilista Ana Salazar e cuja instalação cria uma fusão entre a joalharia e a música.

Nas noites de sexta-feira e domingo, e durante o dia de sábado, haverá música com DJ e artistas convidados.

Fonte: Público

Advertisements

%d bloggers like this: