Skip to content

O Círculo

Empowering Communities


A criminalidade em Portugal aumentou dois por cento no ano passado, relativamente a 2005, mas nos homicídios voluntários a subida foi de 20,5 por cento, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna de 2006, apresentado hoje pelo Governo.

A subida de dois por cento na criminalidade foi atribuída pelo Executivo ao aumento de dois tipos de criminalidade: entre cônjuges ou análogos (30 por cento) e condução sem carta (22 por cento).

Para o secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, José Magalhães, que hoje apresentou o relatório em Lisboa, o aumento destes crimes “envergonha o país”.

Portugal é dos países “mais seguros da Europa”

No entanto, o secretário de Estado salvaguardou que Portugal continua a ser um dos países “mais seguros da Europa”, cita a Lusa.

O governante justificou também o acréscimo das estatísticas da criminalidade no país com uma “maior actuação” das forcas policiais.

No ano transacto, registaram-se em Portugal 194 homicídios voluntários, representando um aumento de 20,5 por cento em relação a 2005.

Fonte: Público

Advertisements

%d bloggers like this: