Skip to content

O Círculo

Empowering Communities

Uma exposição de azulejos trabalhados a alicate, segundo uma técnica desenvolvida pelos mouros na Península Ibérica, que atingiu o seu auge nos séculos XVI e XVII, é inaugurada hoje em Castelo Branco, informou a autarquia. A mostra, intitulada “Arte em Alicatado”, é da autoria de José Freire, um artista plástico autodidacta, natural do Fundão e residente em Azeitão.
Durante os últimos 20 anos, José Freire tem recriado peças decorativas diversas, em pedaços de azulejo, “com a ajuda de alicate”, refere uma nota de imprensa da Câmara de Castelo Branco. As suas obras incluem, entre outras, a reprodução de quadros e desenhos de artistas consagrados, a par de peças de criação própria.

A exposição vai estar patente até 15 de Abril na Sala da Nora do Cine-Teatro Avenida.
Originalmente a técnica “alicatado” consistia em trabalhar materiais que depois eram aplicados na decoração de pavimentos, murais de jardim ou tectos de palácios, entre outros. Apesar da beleza dos trabalhos executados através daquele processo, este viria a ser gradualmente abandonado, nomeadamente devido à demora na sua execução e substituído “por outras técnicas mais ou menos industriais”, afirma a nota.

Advertisements

%d bloggers like this: