Skip to content

O Círculo

Empowering Communities

Os bebés com baixo peso são mais propensos a sofrer de depressão na adolescência do que aqueles que apresentam um peso normal, segundo um estudo norte-americano divulgado esta terça-feira. Realizado por cientistas da Universidade de Duke, estes constataram que bebés que nasceram com peso inferior a 2,5 quilos apresentavam maior tendência a sofrer de depressão entre os 13 e 16 anos, do que os que nasceram com peso considerado normal.

O estudo, publicado nos Archives of General Psychiatry, examinou dados de mais de 1.400 crianças com idades compreendidas entre os nove e 16 anos.

Segundo os investigadores, são necessários mais estudos para identificar as possíveis razões para a ligação entre o peso ao nascer e depressão na adolescência.

O potencial para depressão pode estar «adormecido» nos bebés pequenos, antes de emergir mais tarde, sob condições de stress.

O estudo da Universidade de Duke descobriu que 5,7% dos bebés nasceram com peso inferior a 2,5 quilos e, entre estes, 38% sofreram de depressão pelo menos uma vez entre os 13 e os 16 anos de idade. Entre os bebés nascidos com peso considerado normal, 8,4% tiveram problemas de depressão.

Em média, 23,5% das adolescentes com peso baixo ao nascer tiveram depressão anualmente, em comparação a 3,4% das nascidas com peso normal. Independentemente do peso ao nascer, mais de 4,9% dos meninos tiveram depressão.

Fonte: P.D.

Advertisements

%d bloggers like this: