Skip to content

O Círculo

Empowering Communities

A Póvoa recebe a partir de hoje a oitava edição das Correntes d’Escritas. E são muitos os escritores que mais uma vez rumam ao Norte para debates e visitas a escolas. Até sábado pode ainda assistir-se ao lançamento de livros, visitar exposições e a habitual feira do livro.

O programa da oitava edição das Correntes d’Escritas é vasto e diversificado. E são muitos os debates, as visitas a escolas e os lançamentos agendados até sábado, dia 10. A sessão oficial de abertura tem início, hoje, às 11h00, no Casino da Póvoa, onde terá lugar a assinatura dos protoclos entre a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, o Casino, e a Papelaria Locus para 2008. Ainda durante a manhã serão anunciados os vencedores dos prémios literários Casino da Póvoa e Correntes d’Escritas Papelaria Locus de 2007. Seguindo-se o lançamento da revista Correntes d’Escritas VI que este ano presta homenagem à escritora Lídia Jorge, que em 2004 venceu este Prémio Literário, com a obra «O Vento Assobiando nas Gruas».
De tarde, pelas 15h00, no auditório municipal, realiza-se a conferência «A Memória Secreta da Mulher» proferida pela escritora brasileira Nélida Piñon – a primeira mulher a presidir a Academia de Letras Brasileiras – apresentada por José Carlos de Vasconcelos. Segue-se, também no auditório municipal, a mesa «Uns pelos Outros» – com Fernando Lopes, Lídia Jorge, Luís Carlos Patraquim, Marco Martins e Margarida Cardoso –, moderada por Luís Sepúlveda.
O programa prossegue com uma homenagem a Ray-Gude Mertin, às 21h00, e 45 minutos mais tarde, no auditório municipal, será exibido o documentário «Movimentos Perpétuos» – Homenagem a Carlos Paredes» de Edgar Pêra. Uma organização do Cineclube Octopus. Pelas 22h00, realiza-se o lançamento de cinco livros. O dia termina com uma sessão de poesia, com início às 23h00, no Novotel Vermar.
Do restante programa das Correntes destacam-se as mesas de debate (sempre no auditório municipal), que este ano juntam escritores, pintores, cineastas, actores ou fotógrafos, a quem caberá pensar a relação da Literatura com as várias artes. «A Poesia é um segredo dos deuses», «Palavras no palco», «É o escritor que tropeça nas Palavras», amanhã; e «Apenas à Literatura é dada Esperança» e «Letra & Música», sexta-feira, são alguns dos temas propostos.
O dia-a-dia deste encontro é marcado também por sessões de poesia, espectáculos de teatro e debates entre escritores e alunos nas escolas secundárias do concelho. Como é habitual, a Casa da Juventude recebe uma Feira do Livro, até sábado, dia 10. 

Advertisements

%d bloggers like this: