Skip to content

O Círculo

Empowering Communities


Depois de assistir ao encontro entre Jarmusch e Cassavetes e descobrir de que modo os dois autores se unem na importância dada ao trabalho do actor, a Videoteca decidiu seguir esse rasto deixado na primeira sessão dos Encontros no Écran. Fevereiro vai ser então um mês dedicado ao trabalho do actor no seu encontro com o método desenvolvido por Stanislavski, especificamente o encontro personificado por alguns dos mais famosos actores do cinema americano, através da escola Actor’s Studio.

A introdução do Método nos EUA’s e a consecutiva criação da Actor’s Studio ficou a dever-se a Lee Strasberg, que permitiu a aplicação no cinema das regras desenvolvidas por Stanislavski nos palcos russos dos anos 30. O uso da memória afectiva, a construção das personagens do interior até ao exterior, o uso da emoção já experimentada e sua actualização através de um forte uso do corpo, o envolvimento com o mundo através do uso de objectos para centrar a personagem (entre outras regras), acabam por revolucionar o modo de fazer dos actores nos EUA’s, criando uma aura fantástica em volta dos actores que seguem O Método. Marlon Brando, James Dean, Eva Marie Saint, Montgomery Clift, Steve McQueen, Al Pacino, Robert de Niro, Dustin Hoffman, foram alguns do actores que passaram pelo Studio, sendo também alguns dos mais famosos e admirados actores americanos.

A Videoteca vem então propor o encontro entre esses e outros actores com o Método, através de um percurso que segue as principais regras deste “sistema”. O objectivo é perceber algumas das técnicas utilizadas, vendo a sua aplicação nalguns filmes. O percurso termina com um filme que ilustra o contrário da aplicação das regras antes visitadas, Intriga Internacional de Alfred Hitchcock, realizador conhecido por não dar qualquer liberdade ao actor (nesse último filme a comparação torna-se mais explícita pela presença de Eva Marie Saint, actriz do Método).

Durante as sessões do Encontros no Écran estará disponível um pequeno texto que introduz e complementa o tema explorado em cada mês. Em breve os textos estarão disponíveis on-line.

Mais uma vez, estás convidado a participar activamente na iniciativa que decorre de 5 a 16 de Fevereiro, sempre às 14h30. Para saberes como basta consultares AQUI a página da Videoteca: .

Programa

a verdade da cena na verdade do corpo

Dia 5 – segunda-feira

Fúria de Viver – Rebel Without a Cause (106’)  de Nicholas Ray com James Dean

Dia 6 – terça-feira

Touro Enraivecido – Raging Bull (123’) de Martin Scorcese com Robert de Niro

Dia 7 – quarta-feira

Alice Já Não Mora Aqui – Alice Doesn’t Live Here Anymore (107’) de Martin Scorcese com Harvey Keitel, Ellen Burstyn

memória afectiva: recordar é reviver

Dia 8 – quinta-feira

A Leste do Paraíso – East Of Eden (102’) de Elia Kazan com James Dean, Julie Harris

o actor enquanto pintor: de dentro até ao espelho

Dia 9 – sexta-feira

Apocalypse Now (148’) de Francis Ford Coppola com Marlon Brando

comunhão, comunicação, adaptação: o objecto

Dia 12 – segunda-feira

Taxi Driver (116’) de Martin Scorcese com Robert de Niro

Imaginação / Improvisação

Dia 13 – terça-feira

Rio Vermelho – Red River (112’) de Howard Hawks com Montgomery Clift

Dia 14 – quarta-feira

Quem Tem Medo de Virginia Woolf? – Who’s Afraid Of Virginia Woolf? (126’) de Mike Nichols com Geraldine Page

O Método resumido…

Dia 15 – quinta-feira

Há Lodo no Cais – On The Waterfront (103’) de Elia Kazan com Eva Marie Saint, Marlon Brando, Rod Steiger, Karl Malden

…e o seu oposto: Eva Maria Saint dirigida por Alfred Hitchcock

Dia 16 – sexta-feira

Intriga Internacional – North By Northwest (131’) de Alfred Hitchcock com Martin Landau, Eva Marie Saint

Advertisements

%d bloggers like this: