Skip to content

O Círculo

Empowering Communities

Criado por portaria dos Concelho de Ministros hoje publicada em Diário da República, o Programa “Todos Diferentes, Todos Iguais”, de acordo com o diploma, será gerido pelo Instituto Português da Juventude.A criação deste programa surge na sequência da campanha “Todos diferentes, todos iguais”, realizada em 1995, e no âmbito da celebração em 2007 do Ano Europeu de Igualdade de Oportunidades.

Esta iniciativa tem como objectivo promover um debate participado sobre os direitos humanos, bem como promover e celebrar a diversidade.

São várias as áreas de intervenção definidas abrangendo, por exemplo, a realização de acções de educação para a cidadania, em contexto escolar ou outro, na área da educação não formal, e o apoio a acções de formação para a cidadania e os direitos humanos. Incluem-se também nas áreas de intervenção medidas de apoio, nomeadamente campanhas e acções de informação-formação, que tenham em vista uma mais adequada integração das pessoas com deficiência ou incapacidade e também a animação sócio-cultural visando a promoção da inter-relação étnico-cultural.

De acordo com o regulamento publicado poderão candidatar-se associações juvenis inscritas no Registo Nacional do Associativismo Jovem; grupos informais de jovens e outras entidades privadas sem fins lucrativos que prossigam objectivos enquadrados nas áreas de intervenção do Programa, maioritariamente dirigidas a públicos juvenis.

São definidas duas fases distintas de candidatura ao programa: a primeira até 16 de Fevereiro e
a segunda entre os dias 1 e 31 de Maio. O apoio financeiro a conceder às actividades poderá ascender, no máximo até 50 %, do total do orçamento efectivamente executado, não podendo ultrapassar o valor de 25.000 euros por candidatura.

Advertisements

%d bloggers like this: